RSS

Arquivo da tag: Cinema francês

Bxano no cinema

Bonjour à tous

Eu não poderia estar por aqui e não dar uma verificada nos cinemas. Para uma cidade pequena como Orléans ela está muito bem servida de salas de cinema. Tem 3 estabelecimentos e mais 1 em uma cidade vizinha. Um dos estabelecimentos parece ser independente, o Cinema des Carmes, ouvi falar que ele vive com problemas financeiros.

Des Carmes é um cinema à moda antiga, ele não fica em um centro comercial (shopping), fica no centro da cidade mesmo. A sua estrutura é bem simples, tem apenas uma bilheteria e possui 3 salas de projeção. Todas as pessoas ficam esperando a hora de entrar no saguão e quando é anunciada a hora de entrar na sala todos se dirigem à entrada e não há ninguém para controlar quem tem ingresso ou não. Também não há um grande intervalo entre uma sessão e outra. Normalmente esse tempo é reservado para limpeza, mas pelo que notei não há o que limpar. A sala parece muito com o antigo Cine Rex de Teresina. Não há inclinação das poltronas, o que não chega a atrapalhar porque a tela é alta, e também tem um segundo andar. A tela fica posicionada em um palco, acho que tem até cortinas, parece um palco de teatro. A impressão que temos é que estamos em um lugar antigo, como vemos nos filmes de época. Mas é só a aparência mesmo, a qualidade de som e imagem é muito boa.

Fachada

Fachada

Bilheteria Des Carmes

Bilheteria Des Carmes

Os outros 3 estabelecimentos são de uma rede de cinemas, a Pathe, que possui cinemas em grande parte da França. Achei que por ser uma rede de cinemas teria o ingresso mais barato, mas não, o ingresso é mais caro, 9 euros contra 6 euros do Des Carmes, mas como é uma grande rede possui alguns benefícios interessantes. Ela possui um sistema de fidelidade no qual você paga um valor por mês e pode assistir filmes a vontade, para você ou para mais um acompanhante. O valor fica entre 20 e 30 euros por mês, um plano muito interessante para quem vai sempre ao cinema. Outra coisa bem diferente aqui é que quando você vai assistir um filme 3D você compra os óculos (1 euro) e leva para casa, na próxima vez é só levar os óculos de casa.

pathe-placedarc-orleans3 pathe-orleans-loire

 

Esse Pathé da segunda foto tem 12 salas de projeção. A variedade de filmes exibidos é enorme, até porque a França produz muitos filmes, a maior parte dos filmes exibidos são franceses, e a maior parte dos filmes estrangeiros são dublados. Des Carmes é uma exceção e normalmente exibe filmes estrangeiros no formato original com legendas.

À plus.

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 06/11/2013 em Geral

 

Tags: , , ,

Cinema francês

Nessa semana ocorreu o Festival Varilux de Cinema Francês. Ele acontece a alguns anos e em várias cidades do Brasil. Aqui em Natal é no Moviecom do Praia Shopping. Eu participei dele pela primeira vez no ano passado, escrevi até um post aqui na época, gostei e esse ano fui novamente.

Tenho me interessado pelo cinema francês recentemente, primeiro porque quero abrir o leque de opções, temos o costume de consumir mais os filmes dos Estados Unidos, até porque a oferta é maior e o apelo comercial também. Não dá para negar que dentre tantos filmes pipoca, eles também tem muitos filmes bons para nos fazer refletir ou apenas para nos divertir. Além disso, também estou estudando francês e a gente acaba tendo mais contato com a cultura francesa. E por último, mas não menos importante, convenhamos, foram os franceses que inventaram o cinema. Por diversas razões, as duas grandes guerras principalmente, os franceses perderam a força e esta foi se instalar nos estúdios norte-americanos.

Bem, no festival fui conferir dois filmes: A vida vai melhorar (Une vie meilleure) e O barco da esperança (La Pirogue), são dois dramas. O segundo, que achei mais interessante, retrata alguns moradores de uma comunidade do Senegal que colocam todas as suas esperanças em uma arriscada e precária viagem de barco (la pirogue) rumo à Europa em busca de emprego e melhoria de vida para as suas famílias que ficam. Este filme foi feito em homenagem aos milhares de mortos que tentaram a sorte fazendo esta travessia.

Para aqueles que gostam de ver filmes, recomendo dar uma mudada de estilo de vez em quando, é interessante ver as diferenças entre filmes de vários países.

Até a próxima.

 
1 comentário

Publicado por em 25/08/2012 em O que estou assistindo

 

Tags: ,