RSS

O Homem do Futuro

07 set

Olá

Primeiro bom feriado para todos. Nada como um feriado no meio da semana e quebrá-la em duas, fazendo com que fique mais curta. Na véspera do feriado aproveitei para dar uma passadinha no cinema e curtir mais um filme brasileiro em cartaz, O Homem do Futuro.

Eu adorei esse filme. Histórias de volta no tempo são sempre intrigantes, sempre mexem com a nossa imaginação. O que faríamos se pudéssemos nos encontrar com nós mesmos no passado? Você mudaria alguma coisa? Tiraria proveito dessa situação?

Neste filme conhecemos Zero, um físico brilhante que trabalha com um acelerador de partículas e busca criar uma forma de energia alternativa. Só que Zero é uma pessoa miserável, arrogante e amargurada. No seu tempo de faculdade ele era um jovem tímido, gago e romântico. Se apaixonou e teve seu coração partido por Helena sua colega de turma. Em uma festa ela o faz passar uma grande humilhação que o faz tornar-se a pessoa que é hoje.

No presente Zero passa por cima de ordens superiores e coloca o acelerador para funcionar numa tentativa desesperada de obter bons resultados e acaba criando um buraco negro que o faz voltar no tempo, exatamente no dia da tal festa da vergonha. Lá ele tem a chance de fazer as coisas diferentes e mudar o seu futuro. Mas como sempre, nem todas as mudanças estão sob o nosso controle e ele cria uma realidade alternativa que nem de longe é melhor do que a que ele tinha.

A partir disso, é spoiler*, e não vou contar, vocês tem que conferir. Só adianto que o final para mim foi surpreendente. O filme tem um pouco de comédia e romance, mas não achei que ficou como aquelas comédias românticas que conhecemos. O ano em que Zero está na faculdade é 1991, e as poucas cenas que ambientam o dia-a-dia daquela época foram ótimas. Vemos o ex-presidente Collor, televisões com tubos enormes, celulares “tijolos”, roupas largas, uma corrida de táxi custando 25 mil. São várias detalhes onde nos divertimos muito.

Recomendo muito, o Wagner Moura, que interpreta Zero não tem nada a ver com o Cap. Nascimento, ele é muito bom mesmo, na interpretação de diferentes ‘eus’ ele arrasa.

PS. * Spoiler é uma palavra usada para descrições que contam o final de um filme, ou mesmo detalhes que estragam a surpresa.

Anúncios
 
3 Comentários

Publicado por em 07/09/2011 em O que estou assistindo

 

Tags:

3 Respostas para “O Homem do Futuro

  1. Edmilson

    07/09/2011 at 13:39

    a interpretação do Wagner Moura é realmente um dos pontos fortes do filme. é incrível como ele faz papel de bandido, mocinho e coitadinho com grande estilo e humor, nada a ver com o Cap. Nascimento. gostei bastante também.

     
  2. Ernesto Cid

    07/09/2011 at 13:41

    “Calma. Eu preciso que você fique absolutamente calmo.. e confie em mim..” xD
    Realmente o filme excedeu todas as expectativas. Minha única reclamação é que acho que faltou um físico de verdade para dar uns palpites no roteiro. Tenho certeza que não seria algo que aumentaria muito o orçamento do filme e fez falta. Ah, e o absurdo do filme não é a máquina do tempo, é a Alinne Moraes estudando física. Muito mais improvável.

     
  3. italo mendes (@iradomendes)

    08/09/2011 at 9:06

    Excelente filme, mostra que o cinema nacional pode fazer bons filmes além do tropa de elite.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: