RSS

Os ônibus de Natal e o “centro”

13 mar

Uma das coisas que estranhei quando vim para Natal foram os ônibus coletivos. Em Teresina tem um padrão, geralmente os ônibus vão de seus bairros para o centro e depois voltam pelo mesmo caminho. A exceção são os circulares como o Rodoviária  e o Universidade que tem ônibus diferentes para a ida e a volta.

Em Natal, primeiro, as pessoas conhecem as linhas pelo número. Em Teresina as linhas também são numeradas mas ninguém os conhece pelos números e sim pelo percurso que ele faz, por exemplo: Promorar barão, Promorar miguel rosa. Aqui se diz: pega o 48 ou o 66 ou o 03. Para falar a verdade assim fica mais simplificado mesmo.

Outra diferença, boa parte dos ônibus vão por um caminho e voltam por outro. Para os iniciantes, como nós, é uma loucura! Na primeira semana aqui fomos ao shopping e pegamos o 29 e para voltar fomos para o outro lado da rua e pegamos o 29 novamente (seria o óbvio). Mas … ele foi por outro caminho, deu uma volta enorme, mas pelo menos retornou para onde queríamos descer ¬¬.

Até agora não vi nenhum ônibus dizendo que vai para o “Centro”, pelo menos sabemos que ele existe, mas ainda não sabemos onde é (ainda vamos descobrir). O centro agitado de compras aqui é o bairro Alecrim que é onde tem um camelódromo e muitas lojas, já ouvi falar que tem mais que o Centro mesmo.

Ele é até organizado, tem os camelôs agrupados por setores. Fomos no de informática (claro!) e jogos, achamos controle do playstation, dvds baratos (mais do que no Maninho atacadista – 100 por 55 reais), e cabos de HDMI, quem diria… Também soube que lá tem uma parte que só vende móveis usados, muito útil para estudantes que precisam comprar móveis baratos e não conseguem comprá-los novos, ou mesmo vendê-los quando vão embora. “Uma mão na roda!”.

Quando eu conhecer o Centro conto para vocês, aguardem…

Anúncios
 
4 Comentários

Publicado por em 13/03/2010 em Geral

 

4 Respostas para “Os ônibus de Natal e o “centro”

  1. Irado

    13/03/2010 at 21:39

    Em Natal parece que todos são circulares. Tem que andar na linha para saber onde vai…

     
  2. Ernesto

    13/03/2010 at 22:14

    Até onde eu sei, o “Centro” aqui É o Alecrim. Queria ter conhecido esse camelódromo da informática, não cheguei a ver. =\

     
  3. Mery

    14/03/2010 at 0:02

    Ei, nega, tou nessa mesma complicação com Vancouver. Percebi, pelo monte de informação q já pesquisei, q lá é assim também (esse negócio de número). Tenho q lembrar dessa estória de não voltar pelo mesmo lugar.
    Eu sei é q tu tá é com saudade de andar no Rodoviária Circular. kkk

     
  4. Ítalo

    16/03/2010 at 15:11

    O que me falaram é que o Alecrim não é o Centro propriamente dito, mas ficam lado a lado.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: